Bookcrossing: ação nas redes convida crianças a libertar um livro  

Adriana Franzin – Portal EBC

Livros livres para voar e inspirar outras crianças. A ideia do Bookcrossing Blogueiro Kids é promover o amor pela literatura em qualquer lugar. Para isso, a proposta é simples: basta espalhar livros pela cidade. Para que não se confunda com um simples esquecimento, a recomendação é escrever um bilhete. Deve explicar que aquele livro não está perdido, mas se prestando aos propósitos de divulgar a sua história e promover o hábito de ler. Quem encontrar deve usufruir e libertar novamente.

Esta já é a terceira edição do evento. Começou no dia 8 e vai até o dia 16 de novembro. Ela foi inspirada em um movimento de adultos, que já está na nona fase. A versão infantil foi organizada pela blogueira Trícia Ferreira. “Surgiu com a curiosidade da minha filha vendo eu separar os livros para esquecer e perguntou se poderia participar. Resolvi organizar o Kids para dar chance às crianças também”.

Leia também:

Site ajuda pais a escolherem melhor livro para seus filhos

Programa Doe futuro, doe livros estimula hábito da leitura entre crianças

Confira três dicas de livros para o fim das férias ou início das aulas

A ação começou em Belém (PA), com o blog Espelho de Si, mas atraiu participantes no Brasil inteiro e até no exterior: “Através de um livro que mandei para uma blogueira (para libertar em um projeto da cidade dela), uma pessoa conheceu o projeto e entrou em contato comigo, dizendo que havia ficado muito feliz de achar. Detalhe: o livro foi libertado no Rio de Janeiro. Alguém achou, pegou e deu para o primo que mora na Itália. Ou seja, o livro saiu daqui e foi para lá na Europa”.

Além de propagar a leitura, o movimento também incentiva o desapego entre as crianças. “Acredito que é fundamental as crianças terem contato com livros (ou até revistinhas). Estimula a criatividade, imaginação e aprendendo a desapegar elas aprendem um pouco de solidariedade também”, destaca Trícia.

Luma Rosa, criadora do movimento para adultos, explica que a ideia partiu de uma ação: “O BookCrossing Blogueiro foi inspirado no BookCrossing – um movimento que acontece fora do mundo virtual – e nada mais é do que o ato de “libertar” um livro com a finalidade de difundir o hábito da leitura. E nós que adoramos ler, sabemos que um livro fechado na estante tem o mesmo valor de páginas em branco. Para valer, ele precisa ser usado e apreciado! Vamos compartilhar esse livro que você já leu e que não pretende reler?” Convida.

Divulgar no ambiente virtual trouxe mais visibilidade para o movimento. Ela dá as dicas de como participar:

– escolha um livro que queira libertar;

– escreva uma dedicatória ou bilhete, avisando que o livro não está perdido e convide quem o encontrou a ler e libertá-lo novamente;

– escolha um lugar público e protegido para libertá-lo;

– também poderá deixar em Pontos Oficiais de Bookcrossing.

– faça uma postagem em seu blog, perfil, sobre o livro que libertou. Pode postar foto da libertação, resenha do livro etc.

– também pode publicar na página do evento: 9º BookCrossing Blogueiro ou do III BookCrossing Blogueiro Kids

DICA: Assista ao Papo de Mãe CRIATIVIDADE E LEITURA:


Tags: , ,