Cisco CCNA Wireless 200-355 vce Exam Profile 300-320 vce ACI 3I0-012 vce Real Exam Questions and Answers 070-463 vce 300-206 vce Cisco CCNA Data Center 640-916 vce DCICT: Exam Ref 70-697 vce Configuring Windows Devices 210-451 vce 1Y0-201 vce Sale Best Microsoft 070-346 vce Study Material 640-911 vce JN0-102 vce 70-487 vce Best Cisco 352-001 vce Exam Practice Materials 070-410 vce 210-060 vce 70-412 vce 700-501 vce Best Microsoft 70-417 vce Vce CCNA EXAM 200-125 vce Routing and Switching 100-105 vce CCNA Security 210-260 vce Official Cert Guide: 300-075 vce 300-070 vce Exam Profile: Cisco 200-105 vce ICND2 v3.0 | Exam Details 300-101 vce 300-115 vce Pass CISCO 200-310 vce exam - test questions SY0-401 vce 400-101 vce Red Hat Certified System Administrator - Exam EX200 vce 300-207 vce EX300 vce First-hand 400-051 vce exam dump

Existe hora para engravidar?

Por Prof. Dr. Newton Busso*, ginecologista e obstetra 

Seja pela entrada cada vez maior da mulher no mercado de trabalho ou pelas conquistas do feminismo, o adiamento da gravidez hoje é considerado um fenômeno mundial. No Brasil, a idade média para ter o primeiro filho já é de 30 anos. E com as novidades da ciência, muitas estão se tornando mães em idades mais avançadas.

Se por um lado esse cenário só é possível graças aos avanços nos tratamentos de preservação da fertilidade, por outro remete a um contexto novo de redefinição dos papeis sociais do homem e da mulher, em que ter filhos deixa de ser um padrão normativo para ser uma questão de planejamento. Diante disso, os casais podem se ver cooptados por algumas dúvidas. A começar pelo “momento certo” de engravidar: será que existe isso, em termos biológicos? E como saber qual é a hora?

“Existe, sim, o momento certo para engravidar, o problema é identificá-lo”.
A afirmação é de Newton Busso, diretor-tesoureiro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo (SOGESP) e especialista em reprodução assistida.
O médico diz que já existem aplicativos que ajudam a verificar os sintomas do período fértil e que vêm até com um termômetro basal, usado para detectar o período de ovulação. Alguns exemplos são o Calendário Menstrual (gratuito, disponível na Play Store), o Ovuview (apenas para Android) e o Natural Cycles (pago, e também pode ser usado como método contraceptivo).

Questionado se engravidar pode ser mais fácil para umas mulheres do que para outras, o médico afirmou que não existe esse tipo de comparação, contanto que estejamos falando de homens e mulheres sem nenhum problema orgânico com atividade sexual frequente (cerca de duas a três relações por semana ao longo de um ano, o suficiente para que o casal tenha sido exposto a chances reais de gestação). “O principal impedimento para a gravidez continua sendo a idade da mulher, independente de ela ser saudável ou não”, explica o especialista.

Se depois de um ano de tentativa a mulher ainda não conseguir engravidar, o casal já deve ser investigado para descartar a possibilidade de uma doença, que por ventura esteja interferindo no processo reprodutivo.

Em relação a tratamentos alternativos, ainda não existem medicamentos nem vitaminas que ajudem a mulher a engravidar, mas uma vida saudável, prevenindo desvios de peso e doenças sexualmente transmissíveis, sem uso abusivo de álcool, café, cigarro e outras drogas, costuma ser recomendada. E a dica é colocar a gravidez no planejamento antes dos 35 anos de idade, pois, apesar dos avanços tecnológicos, o corpo biológico continua tendo um ritmo de produção igual ao de nossas avós.

Caso não haja possibilidade de gestação no momento, por decisão da mulher (esteja ou não em um relacionamento), uma alternativa é congelar os óvulos para ter maior chance no futuro se necessitar de tratamentos de fertilização in-vitro. Lembrar sempre que os tratamentos são uma alternativa para quem deles necessite e não garantia de gestação, principalmente em faixas etárias mais altas.

O Prof. Dr. Newton Busso é diretor-tesoureiro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo (SOGESP) e especialista em reprodução assistida. Chefe da clínica de Reprodução Assistida da Santa casa de São Paulo e Presidente da Comissão Nacional Especializada de Reprodução Humana da FEBRASGO

Papo de Mãe recomenda: 

 


Tags: , ,