Férias de Julho: Dicas de alimentos nutritivos para as crianças

Por Rosana Perim, Gerente de Nutrição do HCor (Hospital do Coração)

 

Férias de Julho: Nutricionista do HCor dá dicas de alimentos nutritivos para as crianças

O ideal é tentar conservar os horários de café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar; alimentos como os doces podem ser liberados eventualmente após refeições maiores, como almoço ou jantar, porém é importante ficar atento aos exageros e não permitir que a criança coma tudo deliberadamente

As férias quebram a rotina das famílias e, consequentemente, das crianças. Se não é fácil controlar a alimentação delas em dias comuns, imagina no período de férias. Com a flexibilidade dos horários, a alimentação dos pequenos também sofre alterações. Mas dá para combinar um cardápio saudável e divertido que agrade e reponha as energias gastas nas brincadeiras. Lembre-se que comida saudável não é sinônimo de alimentação monótona e sem sabor. O importante é abusar da criatividade, das cores e inventar diferentes formas para os alimentos.

O cardápio precisa conter frutas, verduras, legumes, grelhados, assados e refogados. Uma alternativa são as frutas assadas, como a banana, abacaxi e a maçã, que ficam ainda mais gostosos com canela. Aposte nas sopas para estimular o consumo de verduras e legumes.

De acordo com a Gerente de Nutrição do HCor (Hospital do Coração), Rosana Perim, o ideal é tentar conservar os horários do café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. “Alimentos como os doces podem ser liberados eventualmente após as refeições, como almoço ou jantar. Porém é importante ficar atento aos exageros e não permitir que a criança coma tudo deliberadamente”, explica Perim.

Algumas dicas práticas podem ajudar nas férias. Para começar, dê um bom exemplo aos seus filhos e aproveite para ter uma alimentação saudável juntamente com eles. “Torne o momento da refeição mais atraente e convide a criança para preparar a comida. Essa iniciativa mantém a interação entre os familiares e faz a criança se sentir útil e mais motivada a comer o que preparou. Aproveite para incluir saladas coloridas, lanches saudáveis como bolos e pães integrais, suco de frutas e frutas cozidas”, esclarece nutricionista.

Alerta para os alimentos com açúcar, gordura e sódio:

Atualmente há uma série de discussões sobre a alimentação infantil. O aumento no consumo de alimentos gordurosos e o excesso de sal e açúcar na dieta da criança e do adolescente traz diversos danos à saúde e, em alguns casos, tornam-se irreversíveis do ponto de vista médico e nutricional. “Por isso é preciso tomar alguns cuidados no período das férias, pois as crianças fogem da rotina e há um aumento no consumo de fast-foods, produtos industrializados, refeições congeladas, que contém alto teor de sódio, gordura saturada e açúcar”, aconselha Perim.

Que tal investir nas frutas, legumes e verduras?

Levando em conta toda a energia da criançada, as frutas se apresentam como uma excelente opção para lanches ao longo do dia. Elas podem ser oferecidas inteiras, picadas em diversos formatos ou mesmo como sucos. O importante é que estejam presentes no cardápio diário. “Nas férias, é comum que a frequência do consumo de frutas, verduras e legumes diminua, mas é importante que esses alimentos não saiam do cardápio das crianças. Além disso, as frutas são ótimas para hidratar e dar energia e fornecer vitaminas e minerais”, sugere Rosana Perim.

Alimentos saudáveis para fortalecer o organismo durante o inverno:

Segundo a Gerente de Nutrição do HCor, nesta época do ano, os problemas de saúde para esse público ficam por conta de resfriados, gripes e crises respiratórias, por causa do inverno e poluição. “Comer bem e corretamente favorece o organismo e o deixa mais resistente, além de garantir energia para toda diversão. Além disso, alimentos nutritivos mantêm a saúde e o desenvolvimento das crianças durante o período das férias”, afirma Perim.

Uma das alternativas que os pais podem fazer para incentivar a ingestão de nutrientes saudáveis no período das férias é incluir, além da frutas frescas, gelatina, bolo de cenoura, chocolate, banana, biscoitos integrais, mingau, sanduiches quentes, leite com achocolatados”, completa Perim.