Cisco CCNA Wireless 200-355 vce Exam Profile 300-320 vce ACI 3I0-012 vce Real Exam Questions and Answers 070-463 vce 300-206 vce Cisco CCNA Data Center 640-916 vce DCICT: Exam Ref 70-697 vce Configuring Windows Devices 210-451 vce 1Y0-201 vce Sale Best Microsoft 070-346 vce Study Material 640-911 vce JN0-102 vce 70-487 vce Best Cisco 352-001 vce Exam Practice Materials 070-410 vce 210-060 vce 70-412 vce 700-501 vce Best Microsoft 70-417 vce Vce

Bruxismo: ansiedade dos pequenos e os dentinhos de leite

Por Daphne Ozelame*, odontopediatra

 

De acordo com um estudo publicado no Journal of Dentistry for Children, cerca de 38% das crianças rangem ou apertam os dentes. Esse ato, conhecido como bruxismo, ocorre inconscientemente de dia ou durante o sono e exige atenção redobrada dos pais, já que pode provocar dores nos dentinhos, perto do ouvido e até acarretar o amolecimento dos dentes e sangramento da gengiva. A seguir, a odontopediatra Daphene Ozelame aponta as principais causas e as soluções.

De onde surge o bruxismo?

Segundo Daphene, as causas variam e podem decorrer devido a um estresse emocional, tensão ou até mesmo pode ser genético. “Cerca de 21% a 50% dos pacientes que rangem os dentes tem parentesco direto com alguém na família acometido com o problema”, afirma.

A dentista especializada em atendimento infantil explica ainda que crianças com obstrução de vias aéreas superiores, síndrome da apneia obstrutiva do sono ou que apresentam doenças neurais, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade tendem a desenvolver o bruxismo significantemente.

O que fazer?

”A primeira atitude que os pais devem ter é observar no dia a dia, sempre que o pequeno acordar, alguma reclamação de dor no dente, perto do ouvido ou na cabeça”, explica. E completa: “ Outro ato importante a fazer é levar o pequeno regularmente para consultas com o dentista, pois ele vai identificar se os dentes estão desgastados, por exemplo, e fazer o diagnóstico e o tratamento adequado”.

De acordo com Daphene, é possível controlar o bruxismo com algumas abordagens terapêuticas. “Podemos, por exemplo, proteger os dentes com o uso de placa de acrílico, que recobre a superfície dos dentes que estiverem em contato e alivia o sistema mastigatório. Mas, vale ressaltar que a criança está em constante crescimento dos arcos dentais, daí a importância do tratamento ser realizado corretamente e com um profissional de confiança”, conclui.


Tags: , ,