ALFABETIZAÇÃO: ABC da infância com livros

Durante o processo de alfabetização das crianças, incentivar a leitura é fundamental para o bom desenvolvimento.

Antigamente, quando se falava no processo de alfabetização e letramento, imediatamente se pensava em aprender a ler e escrever, isto é, decodificar o código linguístico. Mas, com o passar do tempo, a função foi ampliada na busca de encontrar sentido nas palavras e conhecimentos necessários para o exercício da prática da leitura e os livros se tornaram ferramenta de extrema importância.

Na fase de alfabetização e letramento, as crianças ficam curiosas diante de um mundo desconhecido, cheio de possibilidades, fantasias e conhecimentos. De acordo coma a pedagoga da Editora Vale das Letras, Adriana P. Battisti, é principalmente nessa fase que os pais e educadores precisam encontrar diversas maneiras de estimular a alfabetização utilizando os recursos propícios ao perfil de cada criança. “O livro de literatura infantil é um recurso essencial nesse processo, pois permite que a criança tenha um encontro prazeroso com o mundo das letras, preparando-a para descobri-lo”, explica.

Aproximação com os livros

Existem inúmeras formas de incentivar as crianças a se interessarem por livros, e que devem ser feitas, principalmente, durante o processo de alfabetização e letramento. Confira algumas dicas e ideias da pedagoga:

– Para a leitura ter significado para a criança é necessário que ela tenha seus pais como exemplos, ou seja, veja seus pais lendo revistas, jornais, livros, propagandas, receitas, bulas e etc.

-Desde bebê os pais devem ler diariamente histórias para seu filho. Criança ama ouvir histórias e o tempo de aconchego nos braços dos pais ouvindo faz com que ela desenvolva vínculo positivo com o universo das letras.

– Presenteie a criança com livros em datas comemorativas, como aniversário, Natal e Dia das Crianças.

– Leve a criança em livrarias e bibliotecas, para que se familiarize com outros acervos literários e escolha o livro que deseja comprar ou alugar.

– Desenvolva atividades a partir da leitura de um livro. Por exemplo: após ler uma história com o tema praia (menina que colecionava conchas), planeje um passeio na praia para vocês coletarem conchas. 

– Transforme uma história lida em uma peça teatral. Os pais e o filho se transforma nos atores principais, com atém mesmo improvisação de figurino. É diversão garantida!

– Após lerem um livro, faça uma aula de artes onde cada membro da família deve desenhar uma parte da história.

– Proponha à criança a dramatização de uma das histórias lidas e depois a incentive a apresentá-la para os avós, tios ou primos. Imagine a alegria que os avós sentirão ao verem seu neto faz um teatro só para eles. É uma maneira singela de honrá-los e, com certeza, a criança será valorizada pelos elogios que receberão.

– Procure usar a leitura no dia a dia ressaltando sua importância. Leia uma placa e demonstre surpresa com a informação destacando o quanto aquela informação foi útil para você. 

– Crie uma mini biblioteca em sua casa (pode ser num pequeno canto da sala ou do quarto). Assim a criança perceberá que os livros são valorizados pelos pais e que devem ser bem cuidados e conservados. Além disso, sempre que ela quiser um livro saberá onde encontrar.

– Mesmo que a criança ainda não saiba ler, estimule-a a fazer o relato oral da história a partir das figuras. Escolha um bom livro e planeje uma apresentação para o pai ou irmãos. 

– Quando a criança já estiver lendo, leia um livro em família. Cada dia um de vocês lê uma parte ou fazem a leitura intercalada num mesmo dia. 

        Fonte: Presse Comunicação Empresarial

DICA: Reveja o Papo de Mãe sobre ALFABETIZAÇÃO neste sábado, 01/03/14, às 11 horas, na TV Brasil. Ou clique AQUI.


Tags: ,