Será que o meu filho tem problema com o sono?- Por Danielle Cogo*

Por Danielle Cogo*, especialista em sono infantil

FullSizeRender-4

Primeiramente vamos responder as seguintes questões:

1. Seu filho sempre adormece quando anda de carro?
2. Seu filho fica irritado, manhoso e nervoso durante o dia?
3. Você precisa acordar seu filho quase todo dia de manhã?
4. Algumas noites, seu filho “desmaia” muito mais cedo que o horário normal?

Se você respondeu sim para ao menos 2 perguntas acima, o seu filho está com problemas com o sono. Mas calma! Isso é comum, e estudos apontam que hoje 47% das crianças tem dificuldades com o sono, e é algo que pode ser corrigido.

O ideal é que as crianças durmam rapidamente, bebês por volta das 19/20 horas máximo e crianças maiores pode volta das 20/21 horas máximo, que tenham noites tranquilas e que acordem espontaneamente (ou pelo menos com facilidade) pela manhã.

Se seu filho se recusa a ir para a cama antes das 21h, não quer dizer que ele não precise de tanto sono, e que ele está bem. Alguns problemas podem começar a aparecer apenas durante a fase escolar. Sendo assim, ajustar o sono já desde pequeninho pode fazer toda a diferença para o desenvolvimento dessa criança no futuro.

E agora que eu sei que ele tem dificuldade com o sono, quais são os problemas e os sintomas que ele pode apresentar?

1.  Irritabilidade

2.   Impulsividade

3. Falta de atenção e concentração

4. Desânimo, desmotivação e falta de ânimo

5.  Cansaço, apatia e esgotamento

6. Falta de autocontrole e de atenção

7. Baixa tolerância à frustração

8. Deficiência de memória

9. Baixo rendimento motor e diminuição dos reflexos

10. Dores de cabeça

Além desses sintomas acima, hoje já é comprovado cientificamente que a privação de sono crônica diminui a resistência a infecções e favorece o ganho de peso.

O bebê não nasce sabendo dormir, ele não sabe o que é dia e o que é noite, e assim como você vai ensinar o seu filho a comer, andar e falar, você precisa também ensinar ele a dormir.

Muitos pais se sentem frustrados e aborrecidos com tantos despertares noturnos e isso afeta também a qualidade de vida da família em geral. Por este motivo criar uma rotina é importantíssimo para um bom andamento familiar e principalmente para o bom desenvolvimento físico e emocional do bebê.

 

*Danielle Cogo é Consultora Materna e Especialista em Sono Infantil.

 IG: @assessoriamamae_Instituto. contato@assessoriamamae.com.br

 

Papo de Mãe recomenda:

Assista ao Papo de Mãe sobre o Sono dos Filhos e dos Pais.

 


Tags: , , , ,