Dicas para se proteger contra alergias no carnaval

Picadas de insetos e alimentos estão entre os desencadeadores de alergias

Carnaval é sinônimo de dias prolongados de descanso, com sol, mar, piscina, comidinhas de praia. Mas junto com tudo isso vêm também as picadas de pernilongos, borrachudos e possíveis reações alérgicas a frutos do mar, maquiagem etc.

Para quem sabe que é alérgico, a prevenção é o melhor remédio, mas muitas pessoas que ainda não sabem porque não tiveram reações até então precisam ficar alertas. Pensando nisso,





 (ASBAI) preparou algumas dicas que podem ajudar o seu Carnaval ser muito mais seguro e divertido:

Praia e feriado de Carnaval é uma ótima combinação. Mas quais os cuidados para quem é alérgico a frutos do mar?

Um dos cuidados é não ter contato com outros alimentos que possam conter a proteína alimentar que causa a alergia, além de seguir orientações médicas sobre o plano de ação no caso de emergência. Quem nunca teve reação, não é possível prever se algum dia terá. Então, caso apresente algum sintoma alérgico durante a refeição, deve-se, imediatamente, interromper o consumo do alimento e procurar auxílio médico.

Borrachudos, pernilongos… como se prevenir contra esses insetos?

A melhor prevenção é usar mosquiteiro na cama, telas contra insetos nas janelas, repelentes na pele, de acordo com a idade, e inseticidas. Evite ambientes abertos no início e final do dia. Cuidado com gramados onde proliferam formigas.

Sprays de espuma podem causar alergias?

São principalmente irritantes primários e podem causar lesões em mucosas, como olhos, boca e nariz. Não podem ser ingeridos e nem devem ser usados por crianças. Alguns não obedecem às normas do INMETRO por serem importados de forma ilegal, além de serem inflamáveis. O contato prolongado com a pele pode causar sensibilidade, que é uma forma de alergia.

Quais os cuidados na hora de pintar o rosto da criança para o Carnaval?

Usar tintas orgânicas, cobrir pouco a pele, já que áreas extensas cobertas perdem a capacidade de eliminar toxinas e não deixam o suor sair. Muito cuidado com olhos e boca, já que essas tintas podem ser tóxicas. Não deixem as crianças dormirem sem remover a tinta com água e sabonete.

Quais os outros cuidados para passar um Carnaval sem preocupações?
Lembre-se de hidratar bem as crianças, oferecer alimentos leves, moderar nos doces e balas coloridos e evitar roupas que cubram todo o corpo, o que pode aumentar a sudorese, causando desidratação e insolação por excesso de calor.

*A ASBAI, Associação Brasileira de Alergia e Imunologia existe desde 1972. É uma associação sem finalidade lucrativa, de caráter científico, cuja missão é promover a educação médica continuada e a difusão de conhecimentos na área de Alergia e Imunologia, fortalecer o exercício profissional com excelência da especialidade de Alergia e Imunologia nas esferas pública e privada e divulgar para a sociedade a importância da prevenção e tratamento de doenças alérgicas e imunodeficiências. Atualmente, a ASBAI tem representações regionais em 21 estados brasileiros.

Twitter: @asbai_alergia
Facebook: Asbai Alergia
www.asbai.org.br