Coronavírus: AHPAS sofre com pandemia e luta para continuar atendimento

A AHPAS, Associação Helena Piccardi de Andrade Silva, que já participou algumas vezes do Papo de Mãe, precisa de ajuda. A ONG, que garante o transporte de crianças e adolescentes em tratamento de câncer, perdeu suas principais fontes de renda com a pandemia do coronavírus.

 

Por AHPAS,

A instabilidade da economia causada pelo Coronavírus já está afetando as ONGs. Eventos beneficentes e bazares, principal fonte de renda das entidades, foram cancelados ou adiados nessas semanas devido ao Covid-19.

A AHPAS (Associação Helena Piccardi de Andrade Silva) oferece o serviço de transporte especial e apoio sociofamiliar a crianças e adolescentes carentes em tratamento de câncer. Todos os dias a associação leva e busca seus atendidos aos hospitais de tratamento, que ficam muito distantes de suas casas.

Para manter suas atividades a AHPAS utilizava três frentes, como explica Celso Rodrigues, presidente da associação.

“A AHPAS tinha três fontes de receita. O Bazar que funcionava permanentemente de segunda a sexta-feira representava 30% da nossa receita e parou com o fechamento do comercio. Nossa segunda fonte de renda eram os eventos que fazíamos para captar recursos e hoje estão todos cancelados. Agora nossa única receita é a doação direta de pessoas físicas ou jurídicas”.

“Precisamos criar uma corrente do bem. Pode ser com o valor que gastariam com um café ou uma ida ao cinema. Um amigo vai passando para o outro e a ajuda vai se viralizando”, falou Celso.

Em 2020 a AHPAS completa 20 anos e está atendendo 43 crianças que precisam da associação para dar continuidade no tratamento de câncer, especialmente agora em meio a pandemia do Coronavírus, onde os atendidos ficam muito vulneráveis nos trajetos até os hospitais.

“Hoje nosso caixa consegue atender essas crianças por mais três meses, então vamos ter que tomar algumas atitudes para gerenciar a crise. Cerca de 80% das nossas despesas são com folha salarial e aluguel, como o do bazar. Então vamos começar a negociar desde redução de jornada até aluguel. Apesar dos nossos 20 anos não temos uma reserva financeira, não temos ajuda do governo ou de uma grande empresa. Hoje fazemos o nosso dever de casa”, finalizou.

Como ajudar a AHPAS

As doações podem ser feitas pelo site http://www.doacao.ahpas.org.br

 

O Papo de Mãe visitou a AHPAS em 2016. Reveja:

 

Associação garante transporte a crianças e adolescentes em tratamento de câncer. Conheça a história da AHPAS.

Enfrentar o tratamento contra um câncer já é uma batalha árdua para qualquer um, imagina para uma criança ou um adolescente passar por tudo isso. Não é fácil, ainda mais se a família do paciente não tem como pagar a condução para ir até o hospital. E se a família tem o dinheiro para o transporte público, o trajeto é muito longo, lotado, praticamente impossível para quem está debilitado, fragilizado e muitas vezes passa mal pelo caminho. Difícil, né?

Justamente por isso a AHPAS,  Associação Helena Piccardi de Andrade e Silva, foi criada para evitar que muitas famílias desistissem do tratamento e, consequentemente, abandonassem a luta contra a doença. A organização começou com o desafio de garantir que essas crianças e adolescentes chegassem de forma segura, tranquila e digna aos centros de referência de tratamento do câncer. E a AHPAS foi além. Com a locomoção de graça, confortável, regular e com profissionais capacitados em um ambiente acolhedor, a contribuição foi mais qualidade de vida para esses pacientes e maiores chances de cura.

150314_bichomania-2015_132-2

1511742_636822013044320_819279799_n

A  missão de tornar as idas e vindas ao hospital menos desgastastes, em um período muito difícil na vida dessas crianças e adolescentes, tomou novas frentes com os projetos “Educação em Movimento”, “Apoio aos Pais Enlutados” e “Grupo de Estudos Saudar” . Necessidades que a associação foi percebendo ao longo dos anos e que hoje atua com a mesma seriedade e dedicação.

150314_bichomania-2015_135-2

images-7

Apresentadora Eliana é madrinha da AHPAS

Assista à entrevista com a presidente da AHPAS, Luciana Monteiro Portugal Gomes, e com a fundadora da associação, Tatiana Piccardi e saiba mais sobre as pessoas que estão por trás da entidade e os serviços prestados por ela.