Coronavírus e amamentação

Por Dr. Moises Chencinski*, pediatra e homeopata
#euapoioleitematerno
#amamentacaoeabasedavida
#amamentaoanotodobrasil
O tema desse post não está relacionado à doença e sim ao documento emitido pela OMS em 20/01/2020: “Assistência domiciliar a pacientes com suspeita de infecção por coronavírus (nCoV) apresentando sintomas leves e gerenciamento de contatos.”
Os membros da família devem ficar em um quarto diferente ou, se isso não for possível, manter uma distância de pelo menos 1 metro da pessoa doente (por exemplo, dormir em uma cama separada). .
Uma exceção pode ser permitida para uma mãe que amamenta. Considerando os benefícios da amamentação e o papel insignificante do leite materno na transmissão de outros vírus, A MÃE PODE CONTINUAR AMAMENTANDO.
A mãe deve usar uma máscara  médica quando estiver perto do bebê e realizar cuidadosa higiene das mãos antes de contato próximo com o bebê. Ela precisaria também aplicar as outras medidas higiênicas descritas neste documento.
#coronavirus #doutormoises #euapoioleitematerno #amamentação #aleitamentomaterno #aleitamentomaternoexclusivo #aleitamentomaternoeuapoio #amamentaçãoprolongada
*Dr. Moises Chencinski

Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo com título de especialista em pediatria pela Associação Médica Brasileira (AMB).  

Formado pelo CEPAH – Centro de Pesquisa e Aperfeiçoamento em Homeopatia com título de especialista em homeopatiapela Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB).  

Presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade de Pediatria de São Paulo (2016 / 2019).

Membro do Departamento de Pediatria Ambulatorial e Cuidados Primários da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

Autor dos livros HOMEOPATIA mais simples que parece e GERAR E NASCER um canto de amor e aconchego.

Editor responsável pela revista Doses Mínimas, sobre homeopatia.

Editor do Blog Pediatra Orienta da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

Autor do blog Eu apoio Leite Materno.